Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Azul, parte sete

por escadacima, em 30.08.13

Sabemos que fazemos parte de uma fraternidade que vai além das fronteiras entre os povos. No entanto, essa noção é abstrata. Somos milhões e, quando pensamos como seria se nos juntássemos todos, podem ocorrer-nos milhões de imagens… que não são reais. Tudo isto é um pouco como a tradicional questão das bruxas: nunca as vimos, mas que as há, há.

Quando, em agosto de 2012, me apercebi da verdadeira dimensão do acampamento nacional, senti um arrepio, um misto de sensações. 17000, 18000 – o número exato pouco importa. Éramos muitos, imensos e estávamos a fazer escutismo, a partilhar valores, independentemente da região, do país ou da cor que trazíamos ao peito.

Sem dúvida, uma das experiências mais marcantes da minha vida marcada pelo calor, pelo cansaço, pela poeira, pelos panados com pão e pelas gargalhadas, pela amizade, pelo orgulho, pela alegria e, em última estância, pela saudade dos momentos que ficaram algures entre o passado das vivências e o presente das memórias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Mensagens