Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Uma pequena flor

por escadacima, em 08.07.13

Peguei, então, no bloco de notas – o mais bonito da coleção – e comecei a escrever desenfreadamente e com os acontecimentos da última noite ainda frescos na memória.

Lembrava-me de cada pormenor desde o momento em que, a medo, lhe toquei ao de leve no ombro. Em seguida, os meus olhos encontraram o imenso mar do seu olhar que me atingiu intensa e profundamente algures na minha alma e também no meu coração.

Oh não…

Não via aquele olhar há meses – parecia que tinham passado anos, na verdade – e, naquele momento, o meu mundo parou outra vez. De um momento para o outro, ele saltou diretamente da caixa onde o tinha deixado e estava ali a lançar-me aquele olhar, a fazer com que as borboletas adormecidas no meu estômago batessem, de novo, as asas numa dança alegre, a parar o tempo e a imortalizá-lo.

Quantas vezes seremos capazes de pensar que matámos um sentimento, com um tiro certeiro, e ele se mostra, depois, glorioso, vivo e ardente? Quantas vezes serão necessárias para acreditarmos que os sentimentos mudam pouco e que buscar novos horizontes não nos trará o descanso e o esquecimento que, em alguma hora, desejámos ao repetir para nós mesmos e para o nosso coração Basta, acabou!? Soubéssemos nós ver os preciosos detalhes ao invés de olharmos de esguelha para quem nos toca o coração…

Depois, passou-me a mão pelo cabelo. Aquele toque… reconheceria aquele toque em qualquer parte do mundo. Assim como a fragrância que lhe conheço desde que os meus olhos tocaram os dele pela primeira vez.

Talvez isto passe. Talvez o curto espaço de tempo que decorre entre o adormecer e o acordar seja o suficiente para o perder, de novo, entre palavras que tardarão em chegar. Contudo, durante a madrugada uma flor desabrochou no jardim do meu coração que, até esse ponto, andava triste e sombrio.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Mensagens