Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Respirar de novo

por escadacima, em 05.06.13

Depois de uma fase mais p'ra baixo, eis que começo a respirar novamente. 

Ontem, estava a falar por chamada com uma pessoa que me é muito querida e, depois de desligar e ficar, de novo, sozinha no meu mundo rodeado por ossos da cabeça, pus-me a pensar no que penso muitas vezes. A minha vida mudou muito no último ano e alguns meses. Por um lado, concretizei uma parte de um sonho (sim, porque as restantes partes desse mesmo sonho são concretizadas na soma dos dias), conheci pessoas fabulosas, vivi momentos inesquecíveis com elas e, pelo outro, mas consequência desse, conheci-me a mim mesma e permiti-me ser eu. Aprendi muito, acordei para a vida de uma forma totalmente renovada e comecei a ver tudo com outros olhos. Assim, aprendi a conviver com os momentos menos bons.

Não podemos evitar esses momentos. Eles estão ao virar da esquina, escondidos debaixo da cama e prontos para nos interpelar logo ao acordar ou num banco de jardim. Estão nas palavras que não soubemos escolher ou nas palavras que calámos, nas ações que reprimimos, no olhar que evitámos. São inevitáveis, é um facto. Contudo, acho que poderíamos todos escrever uma carta aos maus momentos, agradecendo-lhes por terem sido a nossa locomotiva do crescimento.

Já dizia Baden-Powell, «só com uma vida difícil, rigorosa e perigosa, dá o homem o melhor de si». Nunca na minha vida me atreveria a dizer que discordo com algo dito pelo mui nobre fundador do Escutismo, mas deixem-me salientar como está tão certo. É nos momentos em que somos postos à prova, nesses momentos menos bons, que descobrimos algo em nós que não tínhamos ainda descoberto, é nesses momentos que vemos que somos efetivamente capazes de coisas que nunca pensámos ser e que temos mais força do que alguma vez imaginámos ser possível.

Assim, com este pensamento sempre presente, repito-me, dizendo: eis que começo a respirar novamente.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Mensagens